Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó

Seguidores

sexta-feira, 18 de junho de 2010

GAIVOTA POUSOU



GAIVOTA POUSOU

O barco zarpou
Mas a solidão ancorou
E a gaivota pousou

2 comentários:

  1. Sentimento e pensamento perfeito colocado em versos!
    Lindo meu amigo..lindo!!
    Bea

    ResponderExcluir