Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó

Seguidores

domingo, 15 de julho de 2012

DIAS FELIZES


 “Dias felizes”
Sonhos de igualdade
Sorrisos na aula

Algemas pelos porões
Saudades pelas casas

Arnoldo Pimentel

Amigo(a) visite o link abaixo e leia a segunda parte da minha entrevista ao Poetas de Marte, desde já agradeço a amizade.




23 comentários:

  1. A felicidade e tão breve quanto a brisa suave do vento. Fica a recordação e a saudade. Lindo como sempre.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  2. Olá, amigo. A felicidade é breve, más fica a recordaçao e a saudade. Lindo post! Um bom fim de tarde e boa semana. Passarei para ver sua entrevista no poeta de marte. Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Sentimentos opostos.
    Um grande bj

    ResponderExcluir
  4. Olá Arnoldo, fica impresso na memória doces lembranças e uma eterna saudade.....
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Vc sempre nostálgico. Um dia vou descobrir o motivo, me aguarde.
    Adoooro teu estilo.
    Mil xeros pra ti e uma semana linda.

    ResponderExcluir
  6. O sonho de igualdade nunca será abandonado. Crianças não estabelecem diferenças. A saudade desses tempos, carregamos por toda a vida. Bjs.

    ResponderExcluir
  7. Esse sonho de igualdade é sempre um olhar a um futuro que nunca chega....abraços de bom dia pra ti amigo.

    ResponderExcluir
  8. Um dia de paz e poesias pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderExcluir
  9. E quem não tem saudades? Gosto dessa sua nostalgia, acredito que é só teu estilo! Beijos amigo

    ResponderExcluir
  10. Boa tarde Arnoldo querido


    Dias felizes...
    Que eles sejam eternos em nossa vida.

    Beijos
    Ani

    ResponderExcluir
  11. Que tenhas sempre lindos dias felizes.abração praiano,chica

    ResponderExcluir
  12. Arnoldo, poetamigo!
    A imagem da infância e seus dias felizes, é isso que me instigou teu poema, talvez o retorno ao sublime, embora breve.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Arnoldo,
    já deixei minhas palavras também lá na belíssima segunda parte da entrevista.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. felicidade, o número da porta algures entre o sorriso e a saudade, entre a casa e a cela. o tempo desobriga-nos dos absolutos.

    abraço, arnoldo!

    ResponderExcluir
  15. Que bom poder chamá-lo de AMIGO. Como é bom poder vir aqui e agradecer seu carinho e sua amizade.
    Vc Arnoldo, além de talentoso poeta e cronista, tenho certeza que é um excelente caráter. Alguém que tenho a honra de ter guardado do lado esquerdo do peito.
    FELIZ DIA DA AMIZADE, MEU AMIGO!!!

    ResponderExcluir
  16. "Felicidade...
    É abraço cultivado,
    na Amizade!"

    Feliz dia da Amizade!
    Abraços carinhosos.

    ResponderExcluir
  17. Um belo sábado pra ti meu amigo...abraços...

    ResponderExcluir
  18. Amigo Arnoldo,
    Vivemos em prol da efêmera felicidade, mas, por mais passageira que seja, vale a pena viver para esperá-la.
    O prazer foi todo meu em saborear sua entrevista.

    Abraços e ótimo fim de semana para ti família.

    ResponderExcluir
  19. Meu amigo poeta passei para deixar um beijinho e desejar um bom fim de semana.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  20. Passando pra dizer que te adoro e que não esqueça de dizer quando Ventos na Primavera estará disponível.
    Um xeeero e excelente final de semana!!!

    ResponderExcluir
  21. Há sempre que se ter esperança. Muito lindo Arnaldo.

    ResponderExcluir
  22. Poesia saudade registrada em palavras.

    Beijos,

    Anna Amorim

    ResponderExcluir