Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó

Seguidores

sábado, 13 de outubro de 2012

HOMENAGEM AO GAMBIARRA PROFANA



PALAVRAS À GAMBIARRA PROFANA
Autor Arnoldo Pimentel
Dedicado ao Gambiarra Profana

Um dia eu tirei
A mordaça da boca
Perdi o medo da censura
Da corda no pescoço
Perdi o medo da forca
Conheci a Gambiarra Profana
E minha poesia
Virou poesia de verdade
Passou a ser livre

Esta semana estou homenageando a Gambiarra Profana, grupo que tenho a honra de participar, em cada blog um vídeo do Gambiarra e um poema de minha autoria dedicado ao Gambiarra Profana, assista os vídeos e deixe seu comentário, é muito importante. Links abaixo:

Ventos na Primavera

Palavras nos Ventos

Sonhos de Pequenino



7 comentários:

  1. Você faz merecida homenagem. E essa liberdade conquistada, a ausência de mordaças, permite a riqueza dos versos. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Meu amigo uma homenagem bem merecida, pois a poesia nunca deve ter amarras, ela deve ser solta e livre para tocar a alma de quem lê.
    Bom domingo
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  3. Arnoldo,uma homenagem linda ao Gambiarra que o estimulou a crescer como poeta!Muito comovente leitura no video tb!Bjs e meu carinho,

    ResponderExcluir
  4. E sem medo é o verso...livre pra levar sentimentos...abraços de boa semana pra ti amigo..

    ResponderExcluir
  5. Uma bela noite pra ti meu amigo...abraços...

    ResponderExcluir
  6. e eu tirei a mordaça da boca e grito pra quem quiser ouvir que te amodoro demais. Tu é o cara!!!!

    ResponderExcluir