Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó

Seguidores

terça-feira, 7 de junho de 2011

PRISÃO

                                                                 PRISÃO 

Os sinos badalam
Quebrando o silêncio
Que ficou no vilarejo

Visite o site do Gambiarra Profana e conheça todos os nossos zines
www.myspace.com/gambiarraprofana


19 comentários:

  1. Muitas vezes é preciso se quebrar esse silêncio,,,abraços de bom dia.

    ResponderExcluir
  2. Boa semana, Arnoldo!


    * Não consegui comentar normalmente..

    Beijos com carinho

    SAM/Sarinha

    ResponderExcluir
  3. Quando o silencio é quebrado ao badalar do sino, o toque profundo fisga o coração, e na alma encanta a multidão.

    bjos

    ResponderExcluir
  4. Querido Amigo..
    Estou passando para deixar-te meu carinho .Uma linda noite uma quarta maravilhosa beijos meus,,Evanir..

    ResponderExcluir
  5. O silêncio que ficou pressupõe ausências. Que o badalar do sino acorde o vilarejo.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. que linda imagem Arnoldo para teus silenciosos versos..
    beijos.

    ResponderExcluir
  7. Ah..entendi o sino como uma esperança!!!

    Vc ja sabe..adoro hai-kais!

    Bj amigo poeta!!

    MA

    ResponderExcluir
  8. É muito gostoso visitar espaços como esse: com sensibilidade e beleza! Parabéns, amigo!
    Beijinhos meus!

    ResponderExcluir
  9. Um belo dia de versos pra ti amigo...abraços.

    ResponderExcluir
  10. Olá, muito boa tarde!
    Eu venho te convidar a visitar meu blog de Poesias.
    Se gostar e quiser me adicionar, vou gostar de ter por lá seus coments.
    Felicidades e saúde!
    Abraços,
    João, poeta.
    www.ludugero.blogspot.com
    Até mais!
    Já te sigo, pois gostei do seu blog.

    ResponderExcluir
  11. O soar do sino me faz lembrar a infância... seu haikai carregado de belas imagens, transporta-me à pequena cidade onde nasci. As palavras são mágicas... e os poetas acreditam em sua magia. beijos, amigo.

    ResponderExcluir
  12. " A serenidade absoluta
    não é a lei do oceano,
    o mesmo acontece
    com o oceano da vida".

    (Gandhi)

    Beijos e carinhos meus...M@ria

    ResponderExcluir
  13. Um otimo final de semana pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderExcluir
  14. hum.... conheço esta prisão bucólica ...

    ResponderExcluir
  15. Olá,
    eu gostei muito deste Haikai, passageiro mas com palavras que ficam na memória, parabéns. Muito bons todos seus textos e já te sigo também.

    ResponderExcluir
  16. Publiquei dois hai kai seus na minha postagem de hj. Espero que goste!
    Bj
    MA

    ResponderExcluir
  17. Mais um bonito espaço que ainda não tinha espreitado!!!
    1 beijo Lídia

    Obrigado pela visita e comentário !!! Ao meu poema!

    ResponderExcluir
  18. Belissima imagem, parabéns! Gostei do seu blog, muito bonito. Obrigada por visitar meu cantinho. Abraços.

    ResponderExcluir