Edicões Gambiarra Profana/Folha Cultural Pataxó

Seguidores

sábado, 11 de junho de 2011

SEIS DA MANHÃ



                                                        SEIS DA MANHÃ

Sinos e pombos brancos
Voam na solidão

25 comentários:

  1. e que hora tão linda..
    beijo Arnoldo..
    obrigada pelo carinho..

    ResponderExcluir
  2. O despertar da manhã, orvalho nas folhas, pássaros em revoada...
    Obrigada, amigo, pelo carinho e um suave final de semana!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. hora linda,mas tão vaga e sentimentos tão sem cores...
    Lindo teu espaço,Arnoldo!
    vim visitar-lhe,e já estou a seguir.
    Voltarei!
    Um beijo e um belíssimo fim de semana a ti.

    ResponderExcluir
  4. Sim...
    E nossos corações
    Na tristeza das imensidões...

    Bom final de semana Arnoldo, um abraço

    ResponderExcluir
  5. Vc ja ate sabe o que vou escrever né..preciso ser mais criativa..
    mas fazer o que se eu amo os hai-kai?
    Adorei!
    Agradeço a vc por estar sempre por perto.
    bj
    MA

    ResponderExcluir
  6. Lindo e é a hora que levanto...abraçoa,chica

    ResponderExcluir
  7. Um quadro presente em minha vida...
    Lindo trabalho!

    Beijos

    Marion

    ResponderExcluir
  8. O amanhecer é sempre mágico tal como tudo o que escreve.
    Beijinhos
    Maria

    ResponderExcluir
  9. Acredita que é minha hora favorita? Geralmente me levanto as 5:00 da manhã, faço café, tomo sossegadamente e depois venho usar a net enquanto todos dormem...

    ResponderExcluir
  10. É essa hora onde podemos sentir o prazer da chegada de um novo dia. Um abraço, e ótima semana.

    ResponderExcluir
  11. É a solidão que antecede a paz em um lindo dia de Sol...
    Que lindo amigo!

    Carinhos mil pra ti, viu?
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Lindo!
    Mais uma hora que te faz poeta!

    Beijos carinhosos

    ResponderExcluir
  13. Hora do despertar das vozes interiores para o dia que se anuncia...

    Um abraço carinhoso e um lindo entardecer!

    Paz e luz

    ResponderExcluir
  14. Talvez as seis da manhã seja o horário que mais se aproxima da solidão noturna de um sono, para despertar da insonia de uma multidão, belo, parabéns! hoje eu consegui seguir o blog.

    ResponderExcluir
  15. nossa amei obrigado por passar no meu blog.beijos linda noite|

    ResponderExcluir
  16. As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido.

    Fernando Pessoa

    Feliz Semana e beijos meus! M@ria

    ResponderExcluir
  17. E o voo dessa solidão nos aflige tanto...belos versos...abraços de bom dia pra ti amigo.

    ResponderExcluir
  18. Um dia de paz e poesia pra ti meu amigo...abraços.

    ResponderExcluir
  19. NalvinhaFigueirôa15 de junho de 2011 06:23

    Parabéns pelo blog Arnoldo. Um abraço.

    ResponderExcluir
  20. ♥/ deixo meu beeejo de carinho e admiração..


    (<" lindo-lindoOO...<3


    darlene alves,,,,(",)

    ResponderExcluir
  21. Toda manhã é solitaria... Mas é maravilhoso o silencio... só se ouve a natureza.

    perfeito. bjos

    ResponderExcluir
  22. Pão da vida
    Tudo instinto
    Amor, miséria
    Fome, dor
    Fica o paraíso
    TERRA
    Ainda extinto
    Vive sozinho
    Pois nenhum
    Ser humano
    Sobrevivera
    A si mesmo
    (Rosi Alves)

    ResponderExcluir